Guarda, Belmonte, Sortelha

desde35

Guarda, Belmonte, Sortelha

Data de Partida

27 Sep

Duração

1 Dia

Visitas

294

Disponibilidade

30

Telefone 916388586 / 933019042 e whatsapp +351933019042
Guarda, Belmonte, Sortelha, Sabugal

7.20 h – H S João / frente ao Posto Combustível
7.35 h – Boavista / Frente á casa da Musica
7.45 h – Trindade / Estacao do Metro
7.55 h – Campanha / Estação Comboios

Preço 35.00€ / reservas e pagamentos
PT50 0018 0003 4107 0327 0208 8, conta Banco Santander,
Enviem comprovativo por aqui ou para verticaltur@sapo.pt

Saída dos locais assinalados pequena paragem em viagem, em direção à Guarda, tempo de visita ao centro histórico.
De seguida vamos ate Belmonte, terra de Pedro Álvares Cabral, onde estaremos até depois da hora de almoço,
Em hora a designar partimos para Sortelha e Sabugal.
Um grande passeio pelas Aldeias históricas das Beiras.

Sabugal. A Idade Média foi um período conturbado para a região, que chegou mesmo a pertencer ao reino de Leão, sendo reconquistada por alturas do Tratado de Alcanices. Testemunho destes tempos conturbados são os cinco castelos envolventes, pertencentes ao município do Sabugal: Alfaiates, Vilar Maior, Sabugal, Vila do Touro e Sortelha.

O Sabugal está integrado na bonita Reserva Natural da Serra da Malcata, onde estão protegidas diversas espécies vegetais e animais, muito conhecida por um dos últimos abrigos do lince ibérico.

O castelo do Sabugal constitui o património de maior interesse da cidade, que conta também com outros locais de interesse, como a Igreja da Misericórdia, o bonito Pelourinho, um bonito e renovado espaço verde, o Jardim das Poldras, com diversos atractivos para crianças, o Jardim do Largo da Fonte, ou os Jardins da Ponte de Açude com agradáveis vistas sobre o castelo e o rio Côa, não esquecendo o espaço do Museu Municipal, dedicado à arqueologia e etnologia, e a encantadora praia fluvial.

Na região pertencente ao município do Sabugal existem ainda diversas aldeias históricas que merecem visita obrigatória, como Sortelha, demonstrando a riqueza histórica, natural e cultural deste território, sinais de tempos idos que ditosamente se mantiveram até aos nossos dias.

Sortelha, O castelo medieval
À época da Reconquista cristã da Península Ibérica, Pena Sortelha, como então era chamada, constituiu-se em defesa da região fronteiriça, disputada entre Portugal e Castela. A partir de 1187, D. Sancho I (1185-1211) tomou medidas para repovoar o lugar, e foi o seu neto homónimo, D. Sancho II que concedeu foral à vila (1228), época provável da edificação do castelo. A cerca da vila seria beneficiada por D. Dinis no século XIII que, a partir da assinatura do Tratado de Alcanises (1297), fixou as fronteiras para além das terras de Riba-Côa. No século seguinte, foi erguida uma nova cerca por iniciativa de D. Fernando.

No século XV sabe-se que o alcaide do castelo era Manuel Sardinha, sucedendo-lhe Pêro Zuzarte.

Em 1510, D. Manuel I (1495-1521) renovou o foral da Vila, mencionando que os seus habitantes não estavam obrigados a dar hospedaria aos grandes e pequenos do reino, se essa fosse a vontade do povo de Sortelha. Esse soberano também iniciou uma campanha de obras no castelo, dentre as quais subsiste a emblemática manuelina sobre a porta. Em 1522 Garcia Zuzarte tornou-se alcaide-mor. Nesse século ainda, o nobre D. Luís da Silveira, guarda-mor de D. Manuel I e de D. João III (1521-1557), adquiriu o castelo, tornando-se seu alcaide, conferindo-lhe D. João III o título de Conde de Sortelha.

Vertical Tur Agência de Viagens e Turismo RNAVT 5227

Book Tour

Tour Name Price Per Adult Price Per Child Available Seats Departure Date Duration
Guarda, Belmonte, Sortelha 35 0 30 27 Sep 1 Dia

Booking Information

Name Price ( Adults/Children ) Persons ( Adults/Children ) Quantity Total

SUMMARY

Subtotal 0
Total 0

Customer Information

*
First Name is required.
*
Last Name is required.
*
Number Phone is required.
*
Address is required.
Thank You. Your booking have received and booking number is